Mitos e verdades sobre o câncer de mama nos pets

Neoplasia-mamária-em-cadelas-e-gatas---Outubro-Rosa-Pet---Mitos-x-Verdades-sobre-o-câncer
26/10/2017

Mitos e verdades sobre o câncer de mama nos pets

Neoplasia mamária em cadelas e gatas – Outubro Rosa Pet – o mês está acabando mas o cuidado tem que permanecer!

Confira alguns mitos e verdades sobre o câncer de mama nos nossos pets.

 

MITO OU VERDADE: O CÂNCER DE MAMA É UMA DAS NEOPLASIAS MAIS COMUNS EM CADELAS E GATAS TAMBÉM.

Verdade! O tumor de glândulas mamárias é um dos mais frequentes em cadelas e o terceiro mais frequente em gatas.

MITO OU VERDADE: SE EU CASTRAR MINHA CADELA ANTES DO PRIMEIRO CIO, ELA TEM MENOR CHANCE DE TER CÂNCER DE MAMA.

Verdade! Está comprovado cientificamente que a castração feita antes do primeiro estro (cio)  nas cadelas reduz o risco de desenvolvimento da neoplasia mamária para 0,5% (um número bem baixo! Menor do que 1%!!!); este risco aumenta significativamente nas cadelinhas esterilizadas após o primeiro ciclo estral (8%) e o segundo (26%). Então atenção: para ser um risco baixo de desenvolver câncer de mama, risco de só 0,5%, precisa ser castrada antes do primeiro cio!

MITO OU VERDADE: SE EU USAR MEDICAMENTO PARA IMPEDIR O CIO NA MINHA GATINHA ISSO PODE FAVORECER O APARECIMENTO DO CÂNCER?

Sim, o estímulo hormonal tem bastante influência no desenvolvimento de neoplasias de mama. A utilização de fármacos anticoncepcionais pode aumentar em até 03 vezes a chance de desenvolvimento do câncer de mama.

MITO OU VERDADE: ANIMAIS MACHOS NÃO PODEM TER CÂNCER DE MAMA.

É um mito. Apesar de mais raro, animais do sexo masculino podem sim ter câncer de mama também.

Neoplasia-mamaria-em-gatas---mitos-e-verdades-sobre-o-cancer-em-pets

MITO OU VERDADE: TUMOR DE MAMA EM GATAS GERALMENTE É PIOR DO QUE EM CADELAS.

Cerca de 80 a 93% dos tumores mamários em gatas apresentam comportamento maligno e a ocorrência de metástases por meio da via linfática é muito comum.

Em cadelas, cerca de 50% dos tumores mamários apresentam características de malignidade;

MITO OU VERDADE: QUANDO UMA CADELA TEM VÁRIOS TUMORES DE MAMA, DEPOIS DE OPERAR, O MÉDICO VETERINÁRIO SÓ PRECISA MANDAR PARA EXAME HISTOPATOLÓGICO O MAIOR DELES.

Mito! É preciso enviar todos os tumores separadamente para avaliação histopatológica.

MITO OU VERDADE: TUMORES DE MAMA NÃO ACONTECEM EM ANIMAIS SEM RAÇA DEFINIDA E NEM EM ANIMAIS JOVENS.

É um mito! Todas as raças podem ser acometidas. O risco de aparecimento de tumores mamários aumenta com a idade, é mais comum em animais de idade mais avançada (acima/em torno de 09, 10 anos), mas pode ocorrer sim em animais mais jovens.

MITO OU VERDADE: O MÉDICO VETERINÁRIO AO SOLICITAR EXAME RADIOGRÁFICO DE TÓRAX NA BUSCA POR METÁSTASES, SÓ PRECISA PEDIR DUAS PROJEÇÕES RADIOGRÁFICAS.

O ideal são três projeções radiográficas do tórax: ventrodorsal e laterolaterais direita e esquerda pois assim se faz possível avaliar a presença de metástases pulmonares e pleurais assim como alterações em linfonodos mediastinais.

MITO OU VERDADE: A CIRURGIA É A PRIMEIRA LINHA DE TRATAMENTO PARA TODOS OS TUMORES MAMÁRIOS.

Mito. Não é indicado em todas as situações e nem para todos os tumores (no caso do carcinoma inflamatório o tratamento de escolha não é a cirurgia, por exemplo). O médico veterinário deve ser sempre buscado para que possa realizar a consulta, o diagnóstico e indicar o melhor tratamento adequado para cada caso.

neoplasias-mamarias-em-cadelas

MITO OU VERDADE: CASO O MÉDICO VETERINÁRIO FOR FAZER A CIRURGIA DE MASTECTOMIA PARA RETIRADA DOS TUMORES JUNTO COM A CASTRAÇÃO, NÃO FAZ DIFERENÇA POR QUAL CIRURGIA COMEÇAR.

Mito. A castração deve ser realizada pelo médico veterinário primeiramente (antes da manipulação tumoral) para que não haja qualquer disseminação de células tumorais (até luvas/instrumental cirúrgico podem servir de meio de transporte de células tumorais).

 

>>> Sabendo que o câncer de mama pode ter tratamento ou mesmo chance de cura principalmente quando detectado precocemente, é importante ficar atento aos sinais associados a este problema em nossos pets e consultar um médico veterinário assim que se perceba qualquer nódulo (mesmo que pequeno) nas mamas ou próximo das mamas ou ainda alterações no estado geral do animal.

 

MÉDICO VETERINÁRIO: A Equalis tem cursos na área de ONCOLOGIA para você! Confira:

  • Curso Presencial de Pós-graduação em PÓS GRADUAÇÃO EM ONCOLOGIA DE PEQUENOS ANIMAIS, inscrições abertas para SÃO PAULO e para RECIFE (saiba mais: https://goo.gl/6k9PdE)
  • Curso de Atualização Online ONCOLOGIA VETERINÁRIA NA CLÍNICA DE CÃES E GATOS (saiba mais: https://goo.gl/m1Em2b

………………………………………………………………………….

– Médica Veterinária Me. Gabrielle Fornazari

CRMV PR – nº 10571

 

REFERÊNCIAS

FERREIRA, M. G. P. A.; DE NARDI, A. B. Neoplasias mamárias. In: MAZZOTTI, G. A.; DA ROZA, M. R., Medicina Felina Essencial Guia Prático 1.ed. Curitiba: Equalis, 2016. p. 165-168.

FONSECA, C.S.; DALECK, C.R. Neoplasias mamárias em cadelas: influência hormonal e efeitos da ovario-histerectomia como terapia adjuvante. Ciência Rural, v.30, n.4, p.731-735, 2000.

LANA, S.E.; RUTTEMAN, G.R.; WITHROW, S.J. Tumors of the mammary gland. In: WITHROW, S.J. & VAIL, D.M., Withrow & MacEwen’s Small Animal Clinical Oncology 4.ed. St. Louis: Saunders Elsevier, 2007. p.619-636.

QUEIROGA, F.; LOPES, C. Tumores mamários caninos – novas perspectivas. In: Congresso de Ciências Veterinárias, Oeiras, 2002. Anais… p.183-190, 2002.

SCHNEIDER, R.; DORN, C. R.; TAYLOR, D. O. N. Factors influencing canine mammary development and postsurgical survival. Journal of the National Cancer Institute. 1969. p. 1249-1961.

Newsletter