Biblioteca

Transfusão Sanguínea em Gatos: Revisão de Literatura

14/05/2016 Mayara Tammi Bansho

A transfusão sanguínea é indicada em casos de anemia severa, com manifestações clínicas. Outras indicações incluem hipovolemia, trombocitopenia, deficiência de fatores de coagulação e hipoproteinemia. Os grupos sanguíneos em gatos são classificados como A, B e AB. Devido a presença de anticorpos nautrais denominados aloanticorpos os gatos apresentam maior risco de reação transfusional. O tipo sanguíneo A é o mais comum, seguido do B e o AB é raro. O doador de sangue ideal deve ser dócil, acima de 4 kg, saudável, negativo para doenças infecciosas. Durante a transfusão o paciente deve ser monitorado e caso apresente sinais de reação, deve-se interromper o procedimento. A reação mais comum é a hemolítica imunomediada aguda, que ocorre principalmente quando um gato do tipo B recebe sangue tipo A. Para aumentar a chance de êxito em uma transfusão sanguínea é imprescindível realizar a tipagem sanguínea e o teste de compatibilidade, além de saber reconhecer e minimizar as reações transfusionais.

Fazer Download

Depoimentos

UN CURSO MUY INTERESANTE Y BASTANTE IMPORTANTE PARA QUIEN QUIERE ESPECIALIZAR EN FELINOS. MUY ESCLARECIDOS, CONTENIDO, TIENE QUE DOMINAR EL ESPAÑOL

Sobre o curso de Medicina Felina

O curso de Nutrição Clínica de Cães e Gatos é essencial para a saúde e longevidade animal. Traz, de uma forma muito didática, assuntos altamente relevantes e atuais na clínica de pequenos animais e abre horizontes para todo profissional que deseja sair da zona de conforto, do senso comum e se destacar em sua área profissional. Parabéns a Equalis e ao Prof. Márcio, um dos maiores nomes na área de nutrição animal.

Sobre o curso de Nutrição Clínica

Newsletter